Volume de vendas do Dia das Crianças é o maior dos últimos 3 anos

Desde 2014 em queda, o faturamento do Dia das Crianças voltou a subir este ano registrando alta de 3%. Instituições preveem retomada

As vendas do Dia das Crianças cresceram 3% este ano e animou o setor de varejo. Isso porque, a data é a segunda melhor para vendas no segundo semestre do ano e pode sinalizar uma retomada do consumo dos brasileiros.

Os dados são do levantamento do SPC Brasil em parceria com a CNDL. Com a alta no faturamento em decorrência ao Dia das Crianças, 2017 tornou-se o primeiro ano de crescimento para o setor após três anos de amarga retração.

Em 2016, as vendas para a data comemorativa tiveram variação negativa de -9,02%, o mesmo aconteceu em 2015 (-8,95%) e em 2014 (-1,50%).

Sinal verde

As instituições vem o crescimento como sinal de proximidade do fim da crise econômica. Elas destacam ainda que a dificuldade de acessar o crédito e os juros elevados ainda limitam o poder de compras dos brasileiros.

“O dado é positivo especialmente quando se considera que o Dia das Crianças desenha a tendência de vendas melhores que deve se consolidar no Natal”, disse Roque Pelizzaro, presidente do SPC Brasil em nota.

Expectativas

No começo do mês, as mesmas instituições estimaram que 75% dos brasileiros comprariam presentes para o Dia das Crianças. Com a movimentação, o varejo faturaria R$ 9,7 bilhões.

O monitoramento apontava ainda um gasto médio de R$ 194 em presentes. Entre os itens preferidos estavam bonecos e bonecas (31%) e roupas e calçados (22%).

Posts Relacionados