Vendas do varejo devem cair 9,4% no ano, estima CNC

As vendas no comércio varejista devem terminar o ano com queda de 9,4% nas vendas, o pior resultado já registrado, segundo estimativa divulgada nesta terça-feira (13) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens. Serviços e Turismo (CNC).

A estimativa, no entanto, melhorou em relação à expectativa anterior, de queda de 9,8% nas vendas. Segundo a CNC, a mudança decorre da “desaceleração lenta da inflação e, principalmente, da reação da confiança do consumidor”.

A pesquisa aponta que as vendas do comércio varejista, descontados os efeitos sazonais, caíram 0,3% entre junho e julho. Com quedas de -0,3% e -2,5% nos segmentos automotivo e de materiais de construção, o varejo ampliado registrou a sexta queda do ano, com recuo de 0,5% em relação a junho.

Setores

Segundo a CNC, o destaque negativo de julho ficou por conta do ramo de vestuário e acessórios, que registrou queda de 5,8% em relação ao mês anterior – o pior resultado deste segmento nessa base comparativa desde dezembro de 2014, quando houve recuo de 6,8%. Outro segmento a sofrer perdas expressivas foi o de móveis e eletrodomésticos, com diminuição de 1,0%.

Fonte: G1

Imprensa:

Ivana Lage – (62) 3328-0008

jornalismo@cdlanapolis.com.br

Posts Relacionados