Mastercard cria cartão que usa biometria para finalizar a compra

Na nova geração de cartões da marca, as digitais serão responsáveis pela segurança dos consumidores. Saiba como irá funcionar a novidade.

O brasileiro realmente gosta de comprar com cartão. Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), 37,9% do faturamento do comércio no ano passado veio do famoso dinheiro de plástico. Para que a ferramenta seja cada vez mais eficiente, as empresas de cartão não param de investir em inovações, a fim de garantir a segurança dos consumidores e dos lojistas.

A última novidade apresentada pela Mastercard é a nova geração de cartões biométricos, que combina a tecnologia de chip com a leitura de impressões digitais para garantir uma compra mais segura. Assim, é mais fácil verificar a identidade do titular na hora das compras. Para isso, usa uma tecnologia de escaneamento de impressões digitais, a mesma usada para fazer pagamentos pela internet.

Funciona assim: o titular habilita o cartão, registrando-se em sua instituição financeira. Em seguida, sua impressão digital é convertida em um modelo criptografado armazenado no cartão. A ferramenta, então, está pronta para ser usada em qualquer terminal de cartão com chipe e senha no mundo.

Na prática, a compra acontece do mesmo jeito: é só inserir o cartão no terminal, mas ao invés da senha, o consumidor mantém o dedo em cima do sensor embutido. A impressão digital é comparada com o modelo armazenado e, se a biometria for correspondente, a compra é aprovada. Para os comerciantes, o cartão não requer nenhuma atualização de hardware ou software.

Prevenção a fraudes

Segundo a Mastercard, a tecnologia ajuda a detectar e prevenir fraude. Além disso, aumenta as taxas de aprovação, reduz os custos operacionais e fideliza os clientes. Uma versão futura do cartão contará com tecnologia sem contato.

Por enquanto, a ferramenta está sendo testada somente na África do Sul. Foram dois testes separados conduzidos recentemente com o Pick n Pay, a maior rede varejista de supermercados do país, e o Banco Absa, uma subsidiária do Banco Barclays África. Nos próximos meses, serão realizados novos testes com o cartão biométrico. O lançamento completo é esperado para ainda este ano.

“Os consumidores estão cada vez mais experimentando a conveniência e a segurança da biometria,” disse Ajay Bhalla, presidente de enterprise security and risk management da Mastercard. “Seja para desbloquear um smartphone ou fazer compras on-line, a impressão digital está ajudando a proporcionar mais conveniência e segurança. Não é algo que pode ser tomado ou replicado e vai ajudar os nossos portadores de cartão a viver sabendo que seus pagamentos estão protegidos.”

Posts Relacionados