Franquia internacional de costura mantém o ritmo de crescimento

Embora o Brasil esteja passando por um momento de instabilidade econômica, existem alguns nichos que se destacam por seu bom desempenho, como mostra a pesquisa do setor de franquias divulgada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). De acordo com o levantamento, o segmento registrou no ano passado um crescimento de 8,3%. Grande parte do sucesso das franquias se deve à oportunidade que o empreendedor tem de investir seu capital em um modelo de negócios já estruturado e montado, fazendo com que ele tenha mais segurança na hora de abrir a própria empresa.

Pensando em atingir esse mercado promissor, a rede de franquias portuguesa Arranjos Express, especializada na customização, ajustes e reparos de roupas com agilidade na entrega, aproveita o bom momento do segmento de franchising para seguir firme em seu plano de expansão para todo o Brasil. Atualmente, a marca conta com 52 unidades em operação em 10 estados brasileiros, incluindo Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Mato Grosso e Distrito Federal. “No atual cenário econômico, acreditamos que um modelo como o nosso, de fácil gerenciamento e sem necessidade de estoque, é uma ótima oportunidade para quem busca ter um negócio próprio”, afirma o fundador da Arranjos Express, Paulo Alexandre.

Para o executivo, o setor de serviços de confecção e moda tem bastante potencial de crescimento em função de uma mudança cultural no país, mais voltada para o consumo consciente. “As pessoas estão recorrendo aos pequenos consertos e ajustes para dar origem a novas possibilidades para o guarda-roupa do dia a dia, o que representa uma economia no orçamento”, acrescenta.

Após encerrar 2015 com faturamento de R$ 11 milhões, a rede de franquias espera encerrar este ano com um crescimento de cerca de 70%, chegando a um rendimento de R$ 19 milhões. Além disso, a expectativa da companhia é chegar ao final de 2016 com 90 unidades em operação no país, o que representa um crescimento de aproximadamente 50%. Além das franquias em território brasileiro, a marca ainda conta com 30 lojas em operação em Portugal, sua nação de origem, e espera manter sua internacionalização, chegando a outros países, como Angola, Rússia e Estados Unidos.

Fonte: Exame

Imprensa: 

Ivana Lage – (62) 3328-0008

jornalismo@cdlanapolis.com.br

Posts Relacionados