Consumidores da geração Y têm honrado mais as dívidas de crediário

Os jovens adultos da Geração Y têm aumentado a quantidade de pagamento em dia das suas compras em crédito, mas o valor gasto continua o mesmo.

Os consumidores da geração Y estão honrando mais suas dívidas de crédito, mas continuam o valor gasto em compras. O uso de crédito pelos jovens adultos foi tema da Pesquisa Nacional sobre Liquidação de Crediário, realizado e divulgado pela MultiCrédito.

Segundo o estudo, o índice que mede os pagamentos honrados registrou total de 78,86% em maio, uma alta de 0,47% em relação ao mês de abril.

Apesar de o mês ser considerado bom para as vendas, por conta do Dia das Mães, os jovens mantiveram o tíquete médio de compras em R$ 313. O consumo reduzido é uma das características dessa geração.

Quando separados por gênero, as mulheres da geração Y aparecem entre as que gastaram mais, com um valor médio de R$ 390 e também honraram mais suas dívidas, 84,06% dos pagamentos.

Regiões

De modo geral, os homens idosos da região Centro-Oeste foram os que mais gastaram em maio, com compras de custo médio de R$ 605.

Na região Nordeste, os idosos também honraram mais com as dívidas de crédito, com 88,10% dos pagamentos em dia. Os consumidores entre 51 e 60 anos ocuparam o segundo lugar com 83,06% e em terceiro lugar os com idade entre 41 e 50, com 82,27%.

O Norte foi a região que a geração Y mais reduziu o índice de inadimplência, com 28,83% em relação a abril. Quando separados por estado civil, os solteiros (+2,12%) e viúvos (+4,25%) foram os que mais se destacaram ao pagar suas dívidas em dia.

O Sudeste é a região cuja a geração Z detém o maior índice de inadimplência, mesmo ocupando a segunda posição da lista dos que gastaram menos em maio, em média R$ 220.
Na região Sul foram os solteiros que elevaram o índice de pagamento do crediário, com 82,79% e gasto médio R$ 499. Seguido de união estável (78,96%).

Posts Relacionados