Caixa lidera ranking de reclamações feitas ao BC em setembro e outubro

A Caixa Econômica Federal foi o banco campeão de reclamações de consumidores ao Banco Central em setembro e outubro deste ano, apontou ranking divulgado nesta quarta-feira (16) pela autoridade monetária. A lista considera instituições financeiras de grande porte, com mais de 4 milhões de clientes.

O levantamento considerou procedentes 1.418 queixas contra a Caixa em setembro e outubro, a maior parte delas relacionada a “outras irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações e serviços”. A Caixa, que tem 82,4 milhões de clientes, alcançou índice de reclamações de 17,2 no período.

Para obter o índice, o BC divide o número de reclamações pelo número de clientes do banco e multiplica por 1 milhão. A autoridade monetária criou essa fórmula para equilibrar as queixas em relação ao tamanho da instituição financeira.
A Caixa já havia sido o banco mais reclamado no bimestre anterior, de julho e agosto.

Veja a lista completa de queixas ao BC

O conglomerado Bradesco aparece em segundo lugar na lista de reclamações do Banco Central, com 1.362 queixas procedentes. O Bradesco tem 93,3 milhões de clientes. Por conta disso, o índice do banco neste primeiro semestre foi 14,59.

Em seguida no ranking das reclamações aparece o Santander, com 476 queixas acolhidas pelo BC e um índice de 12,96. O Itaú é o quarto mais reclamado em setembro e outubro, e o Banco do Brasil, o quinto.

Posts Relacionados