Bahia debate soluções para o varejo nacional

Na manhã desta quarta-feira, 22, empresários da Bahia se reuniram na sede da Fecomércio de Salvador para o primeiro encontro no estado do Programa Nacional de Desenvolvimento do Varejo (PNDV), uma parceria da CNDL e do Sebrae Nacional.

O PNDV é desenhado para fortalecer e melhorar o ambiente de negócios do varejo em todo o país. O programa pretende elaborar propostas de políticas públicas; melhorar o ambiente de negócios; acelerar o desenvolvimento do setor; propagar ferramentas tecnológicas inovadoras e qualificar lideranças empresariais. “Teremos atividades em 17 estados do país ao longo deste ano. Ao final do projeto, teremos e soluções adequadas às diferentes realidades regionais”, explicou o presidente da CNDL, Honório Pinheiro.

“Nossa preocupação aqui é ouvir os interessados, levantar pontos de discussão, elaborar sugestões em políticas públicas e ver onde podemos contribuir com ideias e encaminhamentos para fortalecer o segmento de comércio e serviços, que é essencial para a economia do Estado e do país”, avaliou o presidente da FCDL Bahia, Antoine Tawil.

“Esta ação vai proporcionar grandes melhorias para os pequenos e médios empresários, que muitas vezes não conseguem desenvolver seus negócios por conta de uma conjuntura desfavorável do ambiente, questões tributárias e problemas de estrutura. Com o PNDV poderemos identificar as principais demandas e buscar as soluções adequadas”, destacou o superintendente do Sebrae da Bahia, Adhvan Furtado.

Ao final do projeto terão sido investidos R$ 3,5 milhões, valor destinado, principalmente, à organização de eventos com líderes e dirigentes lojistas e à criação de políticas públicas para o setor. A CNDL é responsável por 30% do valor do convênio e os outros 70% ficam a cargo do Sebrae.

Posts Relacionados