6 Dicas para melhorar o networking

Ser um empreendedor é, antes de tudo, ter contatos. Conhecer as pessoas certas pode ajudar muito na expansão dos negócios.

O crescimento de uma empresa depende de inúmeros fatores. Um, que parece detalhe, é imprescindível: o networking. Para tanto, alguns passos se mostram diferenciados hoje em dia, sendo muito importante buscar não só possíveis clientes, mas também parceiros que atuem em áreas próximas ou complementares.

Hoje, como administrador de um espaço de coworking, vejo a real importância dessa ação, pois, quem aprende a utilizar o espaço para possibilitar uma troca com os parceiros, invariavelmente, consegue um crescimento mais rápido, principalmente em função da realização de indicações seguras.

Pensando nisso, elaborei algumas dicas para aprimorar o relacionamento e gerar mais negócios:

1- Busque aparecer adequadamente – quem não é visto, não é lembrado, assim, mesmo que seja uma pessoa introspectiva, busque locais onde haja bastante pessoas que possam gerar negócios e passe a lutar contra a timidez e divulgar suas ideias.

2- Não crie inimigos – muitos profissionais possuem uma postura negativista, criticando qualquer serviço que não seja o dele, isso não pega bem, sem contar que se o comentário chegar a pessoa alvo, poderá causar indisposição e inimizades. Com isso, o empreendedor só tem a perder.

3- Busque agregar – é papel de um profissional ser agregador, tanto de conteúdo, quanto de pessoas. Assim, busque constante atualização sobre temas pertinentes e busque criar uma corrente de profissionais de áreas análogas para indicação, o que fará com que seja respeitado pelo grupo.

4- Cada um no seu quadrado – evite oferecer serviços para áreas que não são a sua especialidade, pois, cada um tem um ramo de atuação, que deve ser respeitado, o que gera muito mais respeito e troca de indicações.

5- Seja precavido – esteja sempre munido de cartão de visita e/ou apresentações de sua empresa, pois nunca se sabe quando surgirá uma possibilidade de negócios ou uma pessoa que poderá se interessar pelos seus serviços no futuro.

6- Não exagere – existe uma linha muito tênue entre ser uma pessoa de networking e ser o chato, assim, se policie, veja se não está sendo muito invasivo. Lembrando que muitas vezes o simpático pode estar forçando a amizade. Sempre respeite o limite do próximo.

*Fernando Bottura é diretor executivo da Gowork

Posts Relacionados