4 impactos que o celular trouxe ao comportamento do consumidor, segundo o google

O uso de celular mudou completamente o comportamento do consumidor. Duvida? Levantamento da Google explica como isso aconteceu.

A popularização dos smartphones e da velocidade que traz o mobile alterou de forma significativa o comportamento do consumidor. Lisa Gevelber, VP de Marketing para as Américas do Google, explicou as tendências de consumo tendo como base o comportamento dos usuários em uso do buscador mais famoso e lucrativo do mundo.

Em 2015 o Google deu o nome de “micromomentos” a essa necessidade instantânea de ter respostas imediatas todas as vezes que o consumidor quer ir a algum lugar, saber, fazer ou comprar alguma coisa.

“Isso ajudou os profissionais de marketing a refletir sobre que momentos da jornada do consumidor eram mais importantes, criou um senso de urgência e inspirou a reavaliação de diversos hábitos e abordagens estabelecidos no mercado – de mensurar resultados a como oferecer experiências mais relevantes”, explica Gevelber em artigo publicado no blog da empresa.

As mudanças já podem ser vistas no comportamento atual do consumidor. Algumas delas, segundo a executiva do Google, são:

1. O consumidor está mais exigente

Com a expectativa do consumidor está lá no alto quando se fala em experiências instantâneas é natural que os consumidores já tenham informações customizadas à mão de acordo com a suas necessidades.

O problema, segundo a especialista, é que o usuário quer sempre mais. “É evidente que as pessoas continuarão esperando por informações cada vez mais úteis, mais personalizadas e mais imediatas”, diz.

2. O consumidor está (muito!) bem informado

Os smartphones são os principais aliados dos consumidores na hora de buscar uma resposta ou tomar uma decisão. A procura por informação por meio desse dispositivo varia desde comprar um carro a escolher novos puxadores de gavetas.

A procura não se limita a ideias ou sugestões. O levantamento com base no Google Search nos Estados Unidos, por exemplo, indica que as procuras seguidas pela palavra “best” (melhor, em inglês), cresceram 80% nos últimos dois anos.

“De 2015 para cá, as buscas por escovas de dente cresceram mais de 80% no mobile e as buscas por ‘melhor escova de dente’ mais de 100%. Antes dos smartphones, essa pesquisa dava trabalho demais para valer a pena, mas agora ficou fácil e rápido tomar decisões embasadas, sejam elas grandes ou pequenas”, explica Gevelber.

3. Onde o consumidor está

As empresas já têm apostado no uso de GPS nos últimos anos, mas a pesquisa do Google mostrou que a localidade pode ser ainda mais importante do que se pensa.

Conforme o estudo, os usuários de smartphones estão muito mais inclinados a comprar em lojas que trazem informações geolocalizadas.

“O consumidor espera que as experiências digitais sejam criadas sob medida para elas, incluindo resultados geolocalizados de acordo com o lugar onde elas estão no momento da busca”, alerta a especialista.

4. Na hora em que o consumidor deseja

A facilidade que o celular traz na hora de resolver algo como reservar um restaurante ou comprar algo sem precisar ligar, faz com que a confiança no dispositivo cresça continuamente.

O levantamento da Google mostra, por exemplo, que os usuários de smartphones estão 50% mais inclinados a fazer uma compra imediatamente quando estão usando o aparelho, em relação ao ano passado.

“O mobile trouxe agilidade para a vida das pessoas. Elas podem se organizar o quanto quiserem com a ajuda de seus smartphones e esperam que as marcas respondam a isso conhecendo suas necessidades e atendendo a elas imediatamente”, diz.

O que vem por aí

A conclusão do levantamento é que as mudanças no comportamento do consumidor são, de fato, inevitáveis, mas que as empresas podem se preparar para elas.

“Daqui para frente, as expectativas só irão aumentar, pois as pessoas querem mais informações, experiências personalizadas e soluções imediatas. E conforme essas expectativas crescem, maiores são os desafios (e as oportunidades) para os profissionais de marketing”, completa.

Posts Relacionados