3 motivos para comprar itens de luxo no varejo físico

Apesar do crescimento do e-commerce em todos os segmentos, quando se trata de luxo os consumidores ainda preferem a loja física. Entenda os motivos.

A compra de produtos sofisticados tem crescido. E mesmo diante da crise econômica, esses itens têm recebido cada vez mais atenção. Segundo o estudo Total Retail, da PwC, considerando itens como joias e relógios; Vestuário, calçados ou artigos de couro; Perfumes ou cosméticos, o consumo desses itens aconteceu em 2016 principalmente por conta das promoções.

A pesquisa mostra que 38% dos consumidores afirmaram ter comprado joias e relógios de luxo em liquidação em lojas on-line. Outros 19% disseram que compraram itens da categoria pagando preços integrais.

Segundo a PwC, o principal motivo para se comprar luxo on-line ultrapassa os 50%. A conveniência é motivo para mais de 19% comprarem por esse canal.

Motivos para evitar o on-line

Apesar do interesse por itens em liquidação, o número de consumidores que disseram que não compraram itens de luxo on-line, no entanto, foi alto em 2016 e variou entre 29% e 47% no ano passado em itens como Perfumes ou cosméticos e Joias e relógios.

Os números mostram que, em se tratando de varejo de luxo, as lojas ainda têm um papel importante. Isso porque os consumidores afirmam que precisam ver e tocar os produtos antes de comprar.

De acordo com o estudo, os consumidores pesquisados apontaram três motivos para não comprar itens on-line: tocar e ver o produto, presença de assistente de vendas nas lojas; e lojas próximos do local de trabalho, conforme infográfico abaixo:

Posts Relacionados